daily inspiration

O que NÃO fazer achando que está praticando o self-care

Se você ainda não sabe o que significa a Síndrome de Burnout, clique aqui e descubra. Basicamente, burnout é um cansaço excessivo por trabalho demasiado! Nos sentimos mal, nos sentimos desmotivados, sem comprometimento e sem vontade alguma de fazer qualquer coisa - fora a culpa de não fazer nada, que torna tudo ainda pior. E já que o Burnout é uma doença já reconhecida pela OMS, precisamos MESMO de um break para cuidar de si mesmo. 

Férias, um tempo com a família, entre tantas outras coisas que o auto-cuidado é, vale darmos atenção ao que NÃO É, certo? Não queremos nos desestressar e acabar ficando ainda mais estressada. Então confira e fique ligada! 

Egoísmo é, além de auto-cuidado, auto-preservação:

Mulheres sentem uma pressão significativa que vai aumentando com a idade, com a preocupação de cuidar de tudo no trabalho e, enfim, se desdobrar em 1000. E quando você coloca no papel: assédio, salários injustos, entre todos estereótipos presentes na vida da mulher, não é uma surpresa que mulheres sofrem mais de burnout do que os homens, né? 

Embora simplesmente querer ajudar não seja uma coisa ruim, você deve cuidar de você mesma antes para ter a energia para cuidar dos outros. Quando você constantemente oferece sua energia positiva sem ter tempo de repor para você mesma, aquela bola de fogo dentro de você - aquele combustível para seus desejos e ambições - vai lentamente começando a perder força. 

Abrace o seu direito de descansar, rejuvenescer fazer aquele back up na aula. Quando você se sente no seu melhor momento, você consegue dar o seu melhor para as coisas e pessoas que você mais se importa. 

Coisas insensatas que pensamos que podem nos fazer bem

O propósito do auto-cuidado é praticar atos conscientes que fazem bem para o seu físico, mental e emocional. Entretando, há uma grande diferença entre um dia de relaxamento no spa e um dia gastando o dinheiro que você não tem e se lotando de dívidas. 

Leve em consideração as coisas que te fazem sentir bem e que CONTINUAM te fazendo sentir bem depois de ter feito. Se tiver dúvida, pergunte para você mesma "o que me traz calma?"

Ser sempre extravagante 

Auto-cuidado não precisa ser caro e, inclusive, pode ser absolutamente de graça. O auto-cuidado inclui as pequenas coisas que te trazem alegria e necessidades básicas, como uma boa sesta ou 15 minutos para fazer nada que não RESPITAR. 

Você sabe do que você precisa. Se dê a permissão para aproveitar ao máximo o que quer que seja. 

Limitado a apenas 1 dia fora do escritório

Auto-cuidado é um estilo de vida. Você não precisa esperar até domingo pra colocar uma máscara facial ou tomar um banho gostoso. Incorporar ações pequenas de auto-cuidado no seu dia-a-dia, como, por exemplo, não checar e-mails depois de certo horário, ou ter mais tempo de sono, são coisas que te levam a uma VOCÊ mais feliz e mais saudável. Leve a vida em equilíbrio entre sua mente, corpo e alma criando um espaço para praticar o que você mais ama. 

Via: Create & Cultivate

mais posts