motivação

Quais as suas inspirações e como torná-las reais na sua vida

Cada pessoa tem o seu life goal por quaisquer que sejam os motivos. Inspirar-se em alguém ou em alguma causa é algo que sempre nos motiva a ir mais, mais e mais. Se tal pessoa consegue, eu também consigo, é o que pensamos. Entretanto, inserir as nossas inspirações de fato no nosso dia-a-dia, não é fácil: de pouquinho a pouquinho, vamos aprendendo e colocando em prática.

Isso nada mais é do que tornar as inspirações reais na sua vida. Para isso, conversamos com algumas look stealers que nos revelaram quem são suas maiores inspirações e como tornar isso real. Confira a seleção:

1) Maria Victória Scalco

Essa que aqui vos fala tem como grande inspiração a Fernanda Simon. O que ela faz? Luta pela moda sustentável. E o que eu sinto quando stalkeio ela? Ainda tenho muito o que aprender sobre o assunto. A Fernanda é diretora executiva do Fashion Revolution Brasil e fundadora do Brasil Eco Fashion Week. Assim como eu, a Fernanda vê vida nas roupas, vê histórias. Isso me inspira.

Me sinto preparada pra iniciar essa politização em mim, mas tudo leva tempo, entende? É assim que torno essa inspiração real. Confesso que olho o Instagram da Fernanda bastante! Mas não me cobro no sentido de “nossa eu deveria ser assim” ou “nossa como essa pessoa é 1000 vezes melhor que eu”. Cada um tem o seu tempo! A Fernanda é uma grande inspiração para aderir essa conscientização internamente e fazer esse exercício diariamente, pouquinho a pouquinho.

 

2) Giulia Coronato

Chimamanda é uma escritora nigeriana feminista, super engajada em diversas causas sociais. Desde os 20 anos ela vem lançando diversos livros de temáticas sociais, que tratam de machismo, imigração, racismo, desigualdade, etc. 

Acho que a maior lição que aprendo com ela e tento aplicar no meu dia-a-dia é enxergar os problemas sociais com outros olhos, parar de ignorá-los só porque já são corriqueiros no nosso cotidiano e sempre tentar fazer algo para mudar, mesmo que seja em pequena escala.

 

3) Carol Carlovich

A Leandra tem 30 anos e é a fundadora e CEO do Man Repeller, um site de moda, comportamento, humor e tudo que envolve o universo feminino. Além de me inspirar esteticamente, porque ela é uma pessoa muito expressiva, criativa, diferente de se olhar, a sua visão de mundo também me inspira. Lembro de ver uma entrevista com ela em que dizia "você não precisa ser chefe para ser uma mulher poderosa" - e eu compartilho dessa visão, porque sei que é minha função empoderar as mulheres ao meu redor todos os dias mais por meio da cultura que trago comigo do que por hierarquia.

Acho que a forma como ela estabeleceu a sua empresa e a sua visão de mundo, agregando tantas mulheres no caminho, é inspiradora. O que tento trazer dela para o meu dia a dia é certamente: abraçar mais a minha criatividade, a minha estranheza; me permitir rir de mim mesma e das minhas falhas; e empoderar mulheres no caminho.

 

4) Aline Santos

Desde que li o livro "Girlboss" eu já me identifiquei com a Sophia, ela é fundadora da Nasty Gal e hoje em dia tem outra empresa de grande sucesso, o Girlboss Rally.
Eu tenho uma história um pouco parecida com a da Sophia, trabalhava onde não gostava, não sabia o que queria exatamente para a minha vida, ralei muito para chegar onde estou e comecei a vender peças vintage!

Assim como a Sophia Amoruso, eu já fiz sucesso com o meu negócio de venda online e vintage, mas também já "quebrei". O que eu aprendo com ela é a persistência  e não se entregar por algum problema, ser forte e batalhar duro por aquilo que eu quero. Enfim, eu amo ela! Haha <3 

 

mais posts