Mulheres na escrita: a nossa curadoria de leituras obrigatórias para 2021
listas

Mulheres na escrita: a nossa curadoria de leituras obrigatórias para 2021

Os livros são, sem dúvida, uma forma milenar e revolucionária de aprendizado. Eles podem ser os nossos professores ou os mais fieis companheiros. Na lista a seguir, separamos as obras mais interessantes, criadas por mulheres inspiradoras, para você ler em 2021.

E acredite, essa curadoria foi pensada para todos os tipo de leitoras, das amantes de ficção científica às loucas por romance. Então, já separe o bloquinho e a caneta para anotar os títulos.

1. A Regra é Não Ter Regras: A Netflix e a Cultura da Reinvenção (Erin Meyer e Reed Hastings)

Mesmo que esse não seja um livro escrito exclusivamente por mulheres, acredite, ele merece estar no topo da lista! A especialista em negócios, Erin Meyer, revela nessa obra, junto ao CEO da Netflix, o que faz o serviço de streaming ser algo tão revolucionário.

De empreendedor e louco, todo mundo tem um pouco (Linda Rottenberg)

Co-fundadora da Endeavor, Linda Rottenberg, traz um compilado de histórias incríveis de líderes que mudaram o mundo com ideias fora da caixa. Essa é uma daquelas leituras estimulantes, que nos ajuda a sair da nossa zona de conforto. 

2. A revolta de Atlas (Ayn Rand)

Considerado um dos livros mais relevantes, segundo a Biblioteca do Congresso norte-americano, A revolta de Atlas é uma história que se passa numa época imprecisa, em que a economia dos Estados Unidos caminha para o colapso.

O livro, que é um best-seller há mais de 50 anos, foi construído com personagens fascinantes e que ilustram perfeitamente como funciona as engrenagens do economia.

3. Talvez você deva conversar com alguém (Lori Gottlieb)
O livro é uma autobiografia cujo foco principal é mostrar a importância da terapia na vida das pessoas. Isso é feito por meio da história da Lori e de alguns de seus pacientes pessoais.

A obra reflete sobre a importância de buscar ajuda profissional e como isso pode nos transformar e nos ensinar a lidar com nossos problemas, dores e frustrações.

4. A Realidade de Madhu (Melissa Tobias)

Para as amantes de ficção científica, essa é a nossa indicação especial. A obra conta a história de Madhu, uma menina que é abduzida por uma nave intergaláctica e vive situações que são, no mínimo, curiosas.

O livro foi escrito pela autora brasileira, Melissa Tobias, e apresenta um enredo que envolve o leitor nas relações de Madhu com o universo e os habitantes dele.

Essa é uma das obras mais pesquisadas até agora em 2021 e existe uma razão para isso, o livro de 2014 "previu" a pandemia. Sem mais spoilers, tudo o que podemos dizer é que ele vale muito a leitura.

5. A Princesa salva a si mesma neste livro (Amanda Lovelace)

Esse é um livro de poesias, que combina o imaginário dos contos de fada e a realidade feminina do século XXI. Escrito por uma das principais vozes da nossa geração, Amanda Lovelace, o livro consegue construir uma narrativa delicada, capaz de cativar até mesmo quem não tem o costume de ler poesias, pois aborda sentimentos comuns a qualquer ser humano.

6. Primeiro eu tive que morrer (Lorena Portela)
O livro de estreia da jornalista cearense Lorena Portela é um romance que se passa em Jericoacoara, praia do nordeste brasileiro. Com uma narrativa super leve, a obra é fascinante e explora como as mulheres podem passar por muitas perdas ao longo da vida.

 

mais posts