leitura

As maiores tendências de marketing para o Instagram em 2020

Que o Instagram já não é mais uma mera rede social, e nos últimos anos se tornou uma ferramenta de valor econômico para pequenas e grandes empresas não é novidade para nínguem. Em 2020, vamos continuar vendo o Instagram se transformar em uma plataforma com diversas possibilidades para diversas áreas, além de um maior foco em conversão através do marketing de influência.

Mas será forte o suficiente para competir com a atenção que o mercado tem dado para o TikTok, por exemplo? Listamos e traduzimos alguns dos principais pontos abordados em uma matéria super interessante que vimos no Later - que para quem não conhece, é um dos principais portais de marketing para Instagram. Continue lendo para descobrir! 

 

2020 será um grande marco na mudança visual de conteúdo no Instagram: os posts tendem a perder aquela cara de super produzidos, ou seja, o cuidado criterioso com a escolha da imagem deverá diminuir.

A edição “não-editada” foi uma forte tendência em 2019 e tudo indica que continuará sendo em 2020. Como a maioria das tendências de marketing do Instagram, os adolescentes estão por trás dessa, preferindo edições mínimas, para o conteúdo ser mais orgânico e autêntico.

Algumas marcas já estão adotando essa estética tanto nas fotos quanto nos vídeos - aliás, a tendência para este ano é que os vídeos tenham essa aparência mais autêntica e estejam mais presentes no feed e nos stories. 

Apesar do Instagram ter notificado como principal motivo de esconder os likes, a saúde mental,  muitos profissionais de marketing e comunicação apontaram outra razão para essa mudança: fazer com que as pessoas postem mais.

Pesquisas mostram que o número de posts publicados no feed tem decaído ano a ano. Os usuários estão guardando os melhores conteúdos para o feed, como um esforço de manter o engajamento alto em todos os posts. O esperado para 2020, segundo essas pesquisas, é que os influenciadores postem no feed apenas 2x na semana!

Assim, ao ocultar os likes, o Instagram espera que as pessoas se tornem mais criativas e postem sem se preocupar com a quantidade de likes por post. Mas quer saber por que os posts do feed são tão importantes?

Desde o surgimento dos stories, mais e mais usuários passam boa parte do tempo vendo stories ao invés de rolar o feed, onde estão os maiores investimentos financeiros -  a publicidade nos stories está crescendo, mas como é mais recente, as opções são mais limitadas. 

Para o profissional, essa mudança em prol da autenticidade significa uma maior flexibilidade em relação ao conteúdo: já que você gastará menos tempo editando, terá mais tempo para criar. 

Lembre-se: o seu perfil no Instagram, principalmente o feed, é o que converte o visitante em seguidor. Então, mesmo que a estética cuidadosamente escolhida esteja caminhando para o passado, ainda é importante que o seu feed converse como um todo.

As recentes mudanças do Instagram focadas na conversão de vendas - como a possibilidade de inserção de uma tag de sacolinha de compras e de fazer o checkout sem sair do aplicativo, só reforçam que o mesmo é sim uma plataforma de marketing.

No final de 2019, o Instagram anunciou o lançamento de uma ferramenta de marketing de influência, o Gerenciador de Colaboradores de Marcas, cujo intuito é fazer uma ponte entre criadores de conteúdo e marcas parceiras. Essa plataforma possibilita que os criadores de conteúdo compartilhem com as marcas os seus analytics e taxas de engajamento. Assim, é possível identificar sobre quais tópicos as mesmas estão interessada em criar conteúdo de marca (ex: viagem ou beleza).

Lembrando que os likes ocultos também tornaram mais difícil para uma marca encontrar um influenciador com o qual gostaria de trabalhar, já que não consegue mais ver tão rapidamente qual é a taxa de engajamento, o Gerenciador de Colaboradores de Marcas permite com que a marca faça a apuração dos influenciadores parceiros.

Combinando essa novidade às tags de produtos das marcas nas fotos dos influenciadores, pode-se dizer que o marketing de influência do Instagram promete se tornar bem mais sofisticado e possibilitar ainda mais conversões em 2020.

Atualmente, é difícil medir de fato o ROI do marketing de influência e poder adicionar as tags de venda de produtos nas fotos dos influenciadores é transformador para a indústria. Assim, o Instagram se mostra cada vez mais um canal de compras e o esperado é que as marcas foquem mais na conversão através de influenciadores em 2020 ao invés de apenas brand awareness (consciência de marca).

Não tem como falar sobre o Instagram em 2020 e desconsiderar o impacto do TikTok sobre a forma de produzir conteúdo.

Para quem ainda não conhece, o TikTok é um aplicativo de compartilhamento de vídeo, com um grande foco em música e tem seu público centralizado nos adolescentes (incluindo aos poucos, adultos). Foi o aplicativo mais baixado em 2019 e conta com mais de meio bilhão de usuários ativos - um número muito similar ao do uso do stories.

A tendência é que em 2020 você veja mais conteúdo influenciado pelo TikTok, especialmente nos stories. As produções do TikTok são mais próximas do real, sem filtro e focadas no conteúdo ao invés de na estética. Por exemplo, vários vídeos são gravados dentro de casa ao invés de cenários super instagramáveis. 

A popularidade o TikTok pode ser explicada por ser uma plataforma divertida cujas produções têm um grande potencial de viralizarem. Enquanto o Instagram está se distanciando de mostrar os números de engajamento, o TikTok é justamente o oposto.

O Brasil foi o primeiro país a receber o “Cenas” no Instagram, a função diretamente concorrente do TikTok. A escolha do país deve-se à estratégia do Facebook em competir com o aplicativo rival nos países em que o  TikTok ainda não é tão popular.

Mas é preciso ressaltar que no que se refere ao marketing e impulsionamento de vendas, o Instagram é definitivamente a melhor e mais sofisticada plataforma e o seu objetivo com o TikTok deve ser apenas brand awareness - já que, por exemplo, atualmente não é possível colocar um link na bio do TikTok!

De acordo com as pesquisas realizadas pelo Later.com, o tamanho das legendas dobrou desde 2016.

Em 2019, os criadores de conteúdo e as marcas perceberam o poder da escrita para engajar os seus seguidores. Em 2020, os nossos feeds serão recheados por legendas de até 405 caracteres, o que dá uma média de 65-70 palavras.

Então, sim, as legendas longas serão uma tendência, o que é só um reflexo da grande mudança voltada para mais autenticidade nas criações do Instagram.

Isso te dá a oportunidade de contar uma história mais profunda, que os seguidores permanecem por mais tempo lendo os seus posts e que aumente o engajamento, permitindo se conectar mais com os seus seguidores, além de, claro, crescer.

Além disso, a voz da sua marca e a legenda escrita serão mais importantes do que nunca. É importante para a marca ter uma voz forte e transmita a missão e mensagem da mesma. Imagens bonitas não serão suficientes em 2020 - os seguidores querem conhecer além dos produtos, querem saber quais princípios a marca apoia.

Anote algumas dicas dessa tendência para incluir na sua estratégia de marketing no Instagram em 2020:

  • Antes de escrever, pense no que você quer que a legenda transmita e, depois, procure uma foto que combine com a mensagem

  • Faça das legendas do seu feed um “mini blog” sobre tópicos relacionado à sua marca. Use as legendas também para criar “mini guias”, por exemplo, você pode compartilhar dicas de viagem ao invés de só postar a foto

  • Escreva as suas legendas quando você estiver em seu momento criativo. É bem mais fácil sentar por 30 minutos e escrever todas as suas legendas da semana quando você estiver nesse momento criativo ao invés de tentar escrever uma por uma todos os dias

  • Crie um tom de voz para a sua marca que irá guiá-la na rede social, incluindo a missão da marca, quais termos usar e quais evitar, e como os textos devem fazer com que as pessoas se sintam. Já tem um? Ótimo, esse é o momento ideal para revisá-lo e atualizá-lo!

  • Escreva as suas legendas no computador ao invés de pelo telefone

 

Há anos o Instagram tem focado em competir com o Youtube para se tornar a longo prazo uma plataforma de conteúdo de vídeo. E, em 2019, se aproximou ainda mais do objetivo por conta das grandes mudanças e melhorias realizadas pelo IGTV.

O IGTV abandonou o vídeo vertical quando passou a permitir também o upload na horizontal, chegando ao auge quando foi possível postar um preview do vídeo no feed e no perfil.

Em 2019, o uso do IGTV não apenas aumentou, como também adquiriu o status de cool. Demorou um pouco, mas as pessoas estão passando mais tempo assistindo aos vídeos IGTV e os criadores de conteúdo estão investindo cada vez mais para agregar valor aos seguidores do perfil no Instagram ao invés de impulsionar tráfego para fora do aplicativo. Isso é perceptível tanto no aumento das legendas quanto na preferência por postar vídeos no IGTV ao invés do Youtube.

Em outubro de 2019, o Instagram lançou o IGTV Séries, função que permite aos criadores de conteúdo postarem os vídeos em uma página separada, incluindo também um badge com o nome da série para diferenciá-los dos outros IGTV vídeos.

Agora, os seguidores podem assistir aos vídeos de suas IGTV Séries favoritas e receber notificações quando um novo episódio for postado - parecido com o que acontece no Youtube. Quando a pessoa assiste a um episódio da série, o seguinte é automaticamente recomendado para que seja reproduzido em seguida.

A promessa é que em 2020 o IGTV Séries se torne uma forte ferramenta de marketing no Instagram - e esta não é uma tendência apenas para as grandes marcas com seus vídeos caros e super produzidos. Por conta da mudança visual e de conteúdo que veremos este ano, criar um vídeo ou série para o IGTV será quase tão simples quanto pegar o seu telefone e colocar para gravar.

Então está na hora de você, enquanto profissional que usa o Instagram como estratégia de marketing, pensar em como será a sua série no IGTV! Pode compartilhar uma receita semanal, tutoriais de beleza, renovação da casa ou qualquer tópico relacionado ao seu negócio que os seus seguidores amariam ver.

 

Uma das tendências de marketing mais divertidas do Instagram foi a explosão de filtros de realidade aumentada. Em agosto, a plataforma lançou o Spark AR, um programa em que todos podem criar esses efeitos e, graças a esse programa, agora existem milhares de filtros que elevam as fotos e vídeos dos stories para outro nível - atualmente essa é uma das tendências mais fortes e o esperado é que continue sendo em 2020.

A realidade aumentada dos filtros promete estar cada vez mais presente na experiência do Instagram. A plataforma também está testando uma versão beta em que as marcas podem criar filtros em que é possível experimentar os produtos antes de comprá-los - então pode esperar um aumento do uso de realidade aumentada para o e-commerce em 2020.

Se 2019 foi o ano dos micro-influenciadores, 2020 será o ano dos nano-influenciadores. Os micros, que possuem de 10k a 100k seguidores, encontraram sucesso nas taxas de engajamento mais altas do que as dos macro-influenciadores, e as recomendações dos primeiros parecem mais confiáveis, como se fosse uma dica de amigo, se comparado com os #publi.

Já os nano-influenciadores, estes são basicamente pessoas normais com menos de 20k, gerenciam o seu perfil no Instagram mais como uma conta pessoal do que uma conta de influenciador.

Marcas populares estão investindo nessa estratégia de abordagem “recomendação de um amigo” dos nanos, sendo também frequente que essas pessoas coloquem links afiliados na bio direcionando para os produtos dessas marcas.

Somando à tendência do Instagram ser cada vez mais um canal de conversão em 2020, o esperado é que mais marcas criem programas de afiliação para os consumidores que possam ser realizados através do aplicativo.

 

Finalmente, além das tendências que se fortalecerão em 2020, também é necessário apontar quais que correm o risco de serem deixadas para trás:

  • Live: as transmissões ao vivo não são mais uma tendência e provavelmente não valem mais a pena o esforço extra e o estresse da produção da live. O sugerido é direcionar os recursos para a produção de vídeos para o feed, stories e IGTV.

  • Autenticidade: foi a tendência número 1 de 2019, mas o que será que vai acontecer quando todo mundo for autêntico?

2020 promete ser um ano importante para o Instagram, que está completando 10 anos de existência. Com o lançamento do TikTok, o Instagram perdeu o post de aplicativo mais novo e cool, mas permanece como a melhor plataforma de network para grandes e pequenas marcas alcançarem novos consumidores e aumentarem as vendas.

Quais tendências você acha que serão mais fortes em 2020?

mais posts